Fórum Soja Brasil debate desafios e oportunidades para a safra 2018/2019 de soja

O início da próxima safra se aproxima e chegou a hora em que produtor terá que tomar decisões. Para ajudar nesse processo, o BOAS esteve presente no 1º Fórum Soja Brasil – Safra 2018/2019, em Uberlândia (MG), nesta quinta, dia 26. Com um time multidisciplinar de especialistas, o evento debateu os temas que mais preocupam o agricultor nesse momento crucial: clima, economia, comércio exterior e manejo.

Foto evento Soja Brasil

Mercado

Para o analista da Safras & Mercado Gil Barabach o embate entre China e Estados Unidos trará impactos para a comercialização da soja. Segundo ele o produtor precisará se atentar para não perder oportunidades de negócios. Para o presidente da Aprosoja Brasil, Bartolomeu Braz, há chances de os produtores não aumentarem suas áreas de soja, pois não conseguem travar negócios futuros e com isso não obtém o dinheiro para financiar a safra.

Clima

Um dos assuntos mais aguardados pelos participantes do Fórum, o clima é também um dos mais difíceis de prever. Entretanto, especialistas consideram que há chance de o fenômeno El Niño trazer muitas chuvas para a região Sul e seca para o Nordeste. Segundo a editora de meteorologia do Canal Rural, Pryscilla Paiva, muitos mapas estão apontando chances de até 80% de El Niño. “Isso não está confirmado ainda; é preciso monitorar diariamente as previsões para não dar chance de erros”, conta.

Para Pryscilla as chuvas devem mesmo chegar em setembro, mas não com grandes volumes no Sudeste e Centro-Oeste. “No Sul as chuvas devem ser mais volumosas e a preocupação ficará por conta da ferrugem asiática, que se prolifera melhor com excesso de umidade,” diz.

Manejo de pragas

Ainda sobre um possível El Niño, a principal entidade de pesquisa de soja do Brasil, a Embrapa, está preocupada. Isso porque o fenômeno acaba trazendo ainda mais chuvas, gerando condições ideais para a proliferação da ferrugem asiática. Com isso, o chefe de pesquisa e desenvolvimento da Embrapa Soja, Ricardo Vilela Abdelnoor, recomendou que os produtores redobrem as atenções com o vazio sanitário, que começou em muitos estados em junho e julho.
Para o José Magid Waquil, consultor do Conselho de Informações sobre Biotecnologia (CIB) e do programa Boas Práticas Agronômicas (BOAS), esta é uma boa oportunidade de os produtores apostarem todas as fichas no manejo de resistência contra a ferrugem. “O manejo da resistência precisa ser realizado para preservar as tecnologias que existem hoje. É preciso fazer o refúgio para que as tecnologias Bt não percam suas eficiências”, conta ele.

Fórum Soja Brasil

O Projeto Soja Brasil chega a sua sétima edição nesta safra 2018/2019 e, mantendo a tradição de dar apoio aos produtores do Brasil. Trata-se da maior expedição por lavouras de soja já realizada no País. Com a coordenação técnica da Embrapa e participação do programa Boas Práticas Agronômicas (BOAS), o projeto presta consultoria ao agricultor brasileiro, que tem acesso a recomendações e técnicas para obter mais produtividade. O projeto tem a realização do Canal Rural e da Associação dos Produtores de Soja do Brasil (Aprosoja Brasil).

Fonte: Redação BOAS com informações do Projeto Soja Brasil, 27 de julho de 2018