Há diferença na adoção do refúgio dependendo da cultura que está sendo cultivada?

Existem diferenças não somente entre as culturas, mas também dentro de cada cultura, dependendo da tecnologia Bt nela inserida, pois cada proteína Bt possui determinada atividade contra uma praga-alvo. O programa Boas Práticas Agronômicas em Culturas Bt recomenda que 10% da área da lavoura de milho seja utilizada para refúgio. Esse índice muda para 20% das áreas de soja e algodão. Como você pode verificar, a eficácia de cada tecnologia pode variar, assim como as recomendações de MRI. O que não muda para nenhuma tecnologia e cultura é a necessidade de implementação das áreas de refúgio.